Oct 22, 2020 Última Atualização em: 2:46 PM, Oct 16, 2020

Presidente da FETAPERGS informa categoria sobre mudanças nas regras empréstimo consignado

Publicado em Notícias de 2020
Lido 651 vezes
Avalie este item
(0 votos)

O lNSS publicou novas mudanças para em relação à aquisição de crédito consignado por aposentados e pensionistas durante a pandemia de Covid-19. As alterações começaram a valer a partir do dia 27 de julho. Neste sentido, o presidente da Federação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas do Estado do RS (FETAPERGS) José Pedro Kuhn informa a categoria sobre as mudanças e como isso pode afetar a vida da categoria.

Sobre as novas regras, uma das alterações foi sobre o prazo que um novo benefício fica bloqueado para consignados. Hoje, o bloqueio é de 90 dias após a concessão e agora passa a ser de 30 dias. Também foi criada uma carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela do consignado. 

A terceira medida é a ampliação do valor do limite para endividamento por meio do cartão de crédito consignado, que passa para 1,60 (um inteiro e sessenta centésimos) do valor da renda mensal. Hoje, este limite se dá pela multiplicação do benefício por 1,40. Para saber quanto é o novo limite, o segurado deve multiplicar o valor de seu benefício por 1,6.

"É importante ter cuidados, pois os juros do cartão de crédito são bem mais altos" alerta José Pedro. Além disso, o presidente da Federação também disse que é necessário ter cautela na aquisição de um empréstimo consignado: "É importante pensar bem, até porque no ano que vem devemos ter uma grande crise e o que o aposentado e pensionistas não deve fazer é se endividar" afirma Kuhn.

As alterações em relação à redução do período de bloqueio para o endividamento de novos beneficiários e a criação de uma carência estarão em vigor apenas durante o estado de calamidade pública estabelecido por decreto do presidente Jair Bolsonaro até 31 de dezembro de 2020. A mudança sobre o limite para dívidas por meio de cartão de crédito com desconto direto no benefício pode continuar valendo mesmo após o fim do decreto de calamidade.

Deixe um comentário

Os campos com (*) são de preenchimento obrigatório.

Leia Também

Opinião: O trabalho continua - José Pedro Kuhn

Opinião: O trabalho continua - José…

13 Out 2020 Notícias de 2020

Conheça alguns exercícios que você pode fazer em casa

Conheça alguns exercícios que você …

08 Out 2020 Notícias de 2020

Isolamento social: um desafio para os idosos

Isolamento social: um desafio para …

07 Out 2020 Notícias de 2020

Vencedores do concurso de Miss e Mister FETAPERGS 2020 comentam sobre a vida durante a pandemia

Vencedores do concurso de Miss e Mi…

07 Out 2020 Notícias de 2020

Secretaria Estadual da Saúde do RS demonstra preocupação com circulação de informações falsas

Secretaria Estadual da Saúde do RS …

02 Out 2020 Notícias de 2020