Jun 13, 2021 Última Atualização em: 6:33 PM, Jun 9, 2021

Como o INSS se adaptou durante a pandemia

Publicado em Notícias de 2020
Lido 730 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Com as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fechadas a partir de março por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), foi ampliado o atendimento online e também a antecipação de benefícios por incapacidade antes de realizar as perícias médicas. No entanto, o atendimento em formato presencial retornou no dia 14 de setembro. 

Ainda sobre o período que permaneceu sem atendimento em locais físicos, foi implementado o projeto de prova de vida digital, que deve ser mantido após a pandemia. Ainda no ambiente online, o INSS lançou a perícia médica online em 3 de novembro com o uso da telemedicina. Este serviço será restrito para um grupo de pessoas que tenham formalizado o termo de adesão à experiência do órgão. 

Segundo o portal Agora da Folha de S. Paulo, durante o período de calamidade pública, quem precisa de auxílio-doença pode escolher por agendar a perícia médica em uma das agências do INSS que estão abertas ou solicitar a antecipação de um salário mínimo, que corresponde a R$ 1.045 em 2020. O órgão também suspendeu o corte de aposentadorias e pensões que não passaram por recadastramento anual. 

Em relação ao processo de recadastramento, o INSS prorrogou até janeiro de 2021 a realização do serviço. Desta forma, o órgão não irá bloquear benefícios por falta da prova de vida até o ano que vem. A prova de vida é feita anualmente pela rede bancária onde o beneficiário recebe por meio de conta-corrente, poupança ou cartão magnético. 

É importante destacar que o recadastramento não está proibido. O segurado, se quiser e tiver condições, pode ir até o banco e fazer a comprovação de que está vivo, de acordo com o INSS e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). É necessário entrar em contato com o banco que você recebe o benefício para saber se é preciso fazer um agendamento de horário.

Após a retomada da prova de vida, quem não comprovar pode ter a renda bloqueada. Para realizar o procedimento, é necessário comparecer à agência bancária e apresentar um documento de identificação (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação) com foto.”

Última modificação em Segunda, 21 Dezembro 2020 14:15

Deixe um comentário

Os campos com (*) são de preenchimento obrigatório.

Leia Também

Programa FETAPERGS na Estrada retorna e convida associação de Ijuí e entidade dos rodoviários

Programa FETAPERGS na Estrada retor…

09 Jun 2021 Notícias de 2021

Maior incidência de queda de idosos no inverno exige atenção, segundo traumatologista da FMUSP

Maior incidência de queda de idosos…

07 Jun 2021 Notícias de 2021

A importância de receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19

A importância de receber a segunda …

02 Jun 2021 Notícias de 2021

COMUNICADO: Funcionamento da FETAPERGS durante o feriado

COMUNICADO: Funcionamento da FETAPE…

02 Jun 2021 Notícias de 2021

Edição de programa recebeu lideranças de associações filiadas para debate sobre superação