Aug 16, 2018 Última Atualização em: 5:30 PM, Aug 7, 2018

A legitimidade deste governo é muito limitada, diz presidente do Tribunal de Justiça do RS

desembargador demonstrou posicionamento contrário às reformas propostas pelo governo federal desembargador demonstrou posicionamento contrário às reformas propostas pelo governo federal Divulgação: Mário Salgado/TJ-RS
Publicado em Notícias de 2017
Lido 649 vezes
Avalie este item
(0 votos)

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJRS), desembargador Luiz Felipe Difini, declarou ontem que o presidente Michel Temer não possui legitimidade para conduzir as reformas estruturais, principalmente sobre a trabalhista e previdenciária. Difini criticou a forma que as propostas estão sendo apresentadas "sem permitir que a sociedade seja ouvida" e que esta atitude deixa os trabalhadores brasileiros inseguros sobre a sua situação.

"Em nenhum momento, durante a campanha eleitoral, a chapa da qual o presidente fazia parte mencionou à população que tinha projetos de reforma nestas áreas. Portanto, não houve o consentimento da sociedade para fazê-lo. A legitimidade deste governo é muito limitada" disse o presidente do Tribunal de Justiça gaúcho. 

Chefe do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul, Difini também criticou os ataques ideológicos do governo federal sobre a Justiça do Trabalho. O desembargador disse que pode haver um debate sobre a adequação de normas, mas que "pregar a extinção [da Justiça do Trabalho] é um retrocesso". 

O Diretor Secretário da Fetapergs, Léo Altmayer, disse que a manifestação do presidente do TJRS é importante para a sociedade conhecer o posicionamento do chefe do Judiciário gaúcho. "A própria justiça, na voz do seu presidente, se opõe à retirada de direitos dos trabalhadores" disse Altmayer.  

Última modificação em Quarta, 26 Abril 2017 14:47

Deixe um comentário

Os campos com (*) são de preenchimento obrigatório.

Leia Também

Programa em Passo Fundo proporciona atividades físicas para idosos

Programa em Passo Fundo proporciona…

07 Ago 2018 Notícias de 2018

Desaposentação: INSS pode pedir dinheiro pago a quem ganhou correção na Justiça

Desaposentação: INSS pode pedir din…

20 Jul 2018 Notícias de 2018

Aposentados sustentam 5,7 mi de famílias no país

Aposentados sustentam 5,7 mi de fam…

18 Jul 2018 Notícias de 2018

Peritos do INSS e a discriminação da doença mental

Peritos do INSS e a discriminação d…

17 Jul 2018 Notícias de 2018

Paulo Paim é destaque em estudo sobre atuação de parlamentares

Paulo Paim é destaque em estudo sob…

04 Jul 2018 Notícias de 2018

Leia Também Notícias Filiados